Programa de sáude auditiva

Programa de sáude auditiva

Composto por equipe de otorrinolaringologistas e fonoaudiólogas voltados ao atendimento e a atenção frente aos problemas relacionados a audição e comunicação humana, com atendimento a rede municipal de Campinas e a comunidade. Nossa equipe de médicos otorrinolaringologistas e fonoaudiólogas garantem acesso ao atendimento de qualidade e gratuito nas consultas e exames clínicos e audiológicos que possibilitam o diagnóstico das perdas auditivas e o seu acompanhamento. Encaminhamento aos serviços de referência da rede pública de saúde, dos pacientes que necessitam de aparelhos de amplificação sonora, exames de imagem e cirurgia.

Atendimento ORL

A Apascamp oferece atendimento com médicos otorrinolaringolistas, com experiência na área de distúrbios de audição e de otologia. Quando existe queixa de perda de audição, zumbido, otalgia (dor de ouvido) e otites (infecções de ouvido) a consulta é agendada, o paciente é examinado e  procedimentos são realizados quando necessário, tais como: remoção de cerúmen, aspiração de secreção ou curativos nas orelhas.

Os médicos também solicitam exames que possam colaborar na conclusão do diagnóstico, podendo ser exames de audição, de imagem ou de sangue e prescrevem o tratamento específico para cada caso. Sempre que há indicação, os pacientes são encaminhados para receber aparelhos auditivos ou para intervenção cirúrgica nos locais de referência para esse tipo de tratamento.

Audiometria Tonal e Vocal

Tem por objetivo avaliar o nível de audição e exige atenção do paciente. Após a colocação de fones, em ambiente acusticamente tratado, diferentes frequencias e intensidades são apresentadas para verificação da presença ou não de perda auditiva, detecção do tipo e grau da perda apresentada.

Imitanciometria

Verifica o funcionamento da membrana timpânica (conhecida também como tímpano), identificando presença de otites ou de alguma alteração na tuba auditiva e ossículos. Além disso, avalia a presença/ausência dos reflexos acústicos para sons intensos.

Imitanciometría

PEATE (BERA)

Permite a avaliação do nervo auditivo e de estruturas pelas quais o som passa até chegar no córtex cerebral, podendo ser também realizado com o objetivo de avaliar o nível da audição de pacientes que não podem responder para a audiometria tonal. Durante a realização do exame o paciente deve permanecer deitado, imóvel e em silêncio.

Audiometria Infantil

Crianças menores de 5 anos e pacientes com compreensão comprometida, necessitam de recursos que possibilitem a associação do som com uma atividade motora para realização do exame. Nesta audiometria, se faz necessário o atendimento por duas fonoaudiólogas, para o condicionamento do paciente de forma lúdica a obter respostas aos estímulos auditivos.

Audiometria em Campo

Realizada em pacientes que passaram pelos procedimentos anteriores, já tiveram o diagnóstico de sua perda e estão em uso de aparelho auditivo. Avalia o ganho acústico que o aparelho está proporcionando é um exame rápido e de acompanhamento para monitoramento da adaptação e regulagem do aparelho.

Emissões Otoacústicas

Pode ser realizado em todas as idades e auxilia no diagnóstico da perda auditiva. Para a obtenção das emissões otoacústicas, o paciente deve permanecer imóvel e em silêncio. Por ser um teste rápido, é o método utilizado para triagem auditiva em recém-nascidos, mais conhecido como teste da orelhinha.

Terapia de Treinamento Auditivo

Tem por finalidade desenvolver e/ou recuperar as habilidades auditivas, utilizando mecanismos de treinamento, discriminação, detecção, compreensão e reconhecimento dos estímulos sonoros.